HERÁLDICA

 

 

      

 

 

Com base no parecer emitido no dia 22 de Outubro de 2003, pela Comissão de Heráldica e Geneologia da Associação dos Arqueólogos Portugueses, a constituição heráldica do brasão e bandeira da freguesia de Longa apresenta-nos os seguintes termos:

 

Brasão -  Escudo azul, com castelo de prata no chefe, apresentando no chefe por extensão  e sobreposta ao castelo uma estrela vermelha. No coração do escudo um pé de batateira de ouro com tubérculos de prata.  Coração Mural de prata com três torres. Listel branco com a inscrição a preto de  "Longa"

 

Bandeira - Amarela, com cordões e borlas de ouro e azul e a hastes e lanças douradas.

 

Significado das armas do Brasão - Os três castelos de prata da coroa mural significam que Longa é uma  aldeia. Os brasões da Vilas apresentam na Coroa do mural quatro castelos, enquanto que as cidades ostentam  cinco castelos. Por outro lado o metal prata exprime humildade e riqueza. O Castelo de prata representa o povoamento fortificado existente no cume do monte denominado de "Muro". É ainda de salientar que, muito perto do cume do monte, existe  um local designado por "Castelo" ou "Castelo de Longa", não se sabendo ao certo a origem  da denominação de "Castelo". 

A estrela vermelha sobreposta ao castelo simboliza as estrelas das armas da família Coutinho, senhores do couto de Leomil, aos quais se deve a criação do antigo Concelho de Longa. 

O pé da batateira simboliza um das culturas agrícolas da freguesia de Longa, a par da fruticultura, da olivicultura, da horticultura e da produção vinícola. O metal ouro existente no pé da batateira representa a nobreza, a constância e a riqueza.

Brasão da Família Coutinho

    

 

Para saber mais sobre a heráldica  de algumas freguesias do concelho de Tabuaço  e de algumas  freguesias do concelhos de Portugal poderá consultar o site: www.veraki.pt